Se sinta bem.

Que tema mais clichê. Gostar de si mesmo. Todo mundo diz que é fundamental. Mais o grande problema é que nem todo mundo (vulgo ninguém) consegue se sentir bem sem nada pelo qual vale a pena se sentir bem (confuso? tá, eu explico!). Você pode estar pensando “ok, lá vamos nós voltar pra aquela ladainha do amor”. Mais hoje não. Hoje o amor não é o assunto principal do meu texto. Nem do meu dia pra falar a verdade. O tema de hoje é como você não precisa estar apaixonada pra se sentir bem (tá, todo mundo gosta de sensação de estar apaixonada, mais não precisa acontecer todo dia né?). Convenhamos, sempre que vemos alguém de muito bom amor já perguntamos sobre a pessoa que ela gosta, né? Pois bem. Mais e se a pessoa só acordou de bom-humor? Se o cabelo dela ficou bonito, se ela fez as pazes com os pais, se ela conseguiu juntar dinheiro pra uma coisa que ela super queria. E aí vem aquilo “Ah, só por isso? Você fica feliz por cada bobagem.” Bobagem. 3 sílabas que até hoje, eu não entendi o significado. Até porque, “bobagem” não tem um significado certo (sim, vamos ignorar o dicionário agora, porque o texto é sobre sentimentos). O que é bobagem pra você? O que é bobagem pra mim? Exato, difere demais. Eu amo assistir desenho, peço sempre a pizza do mesmo sabor e quando gosto de uma música, escuto ela até enjoar. E então, vem aquelas pessoas que acham isso bobagem. Desenhos são pra crianças, você tem que experimentar, e quando você gosta de uma música, deve evitar ouvi-la pra não perder o gosto. Ótimo, todo mundo é diferente e isso é sim, muito bom. Ok, vamos voltar ao assunto do tema. Se sentir bem. Bom, era aí que eu queria chegar. Algumas pessoas se sentem bem com coisas pequenas. Elas não precisam pular de paraquedas ou encontrar o príncipe encantado pra estarem feliz. E isso não é bobagem. Porque você tem todo o direito de se sentir bonita, e estar bem com isso. Você tem todo o direito de assistir um desenho que te faça rir tanto, que deixe seu dia agradável. Sim, esse é o ponto. Pra se sentir bem, você não precisa estar amando. Mais especificamente, você não precisa estar amando de forma apaixonada. Você pode estar amando sua família, seu cachorro, seu cabelo (vou parar de usar cabelos como exemplo, prometo!). Enfim, aqui está o fato. Não pense que você não pode se sentir bem por bobagem. Álias, ás vezes sua bobagem é muito mais importante que muita coisa que as pessoas acham extremamente necessárias. Então, se você acordar e achar que o céu está muito bonito, fique feliz por isso. Fale que o tempo está muito bom, que você não precisou tirar aquele casaco horrível que ganhou da sua avó do armário, que você gosta de como os pássaros são felizes e livres. Só se sinta bem. Se sinta bem com o que quiser. Porque você tem todo o direito de ser feliz, de se sentir bem, de querer abraçar o mundo. E cá entre nós, nenhum bom-humor se compara ao que temos quando nosso cabelo acorda feliz e de bem com a vida né?! (Ok, agora parei!)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s