Resenha: Garotas de Vidro.

 

Garotas de vidro conta a história de Lia, uma garota obcecada pela magreza. Ela e a melhor amiga, quando crianças, fazem uma aposta sobre quem vai ficar mais magra. Quando essa melhor amiga é encontrada morta num quarto de hotel depois de tentar ligar para Lia 36 vezes o mundo da garota que já era aos pedaços, começa a desmorar. O livro é difícil. Lia tem anorexia e não consegue comer nada (nada mesmo, do tipo que se passam 15 páginas do livro e Lia não comeu NA-DA!). Tive que parar algumas vezes, fosse pra enxugar as lágrimas, fosse pra me recuperar da falta de ar e do desespero que Lia me passava. Algumas páginas são particularmente sufocantes. Minha vontade era entrar no livro, socar Lia e depois abraça-la. Mas a mensagem é muito mais do que uma garota tentando chamar a atenção da familia fazendo drama. Lia é realmente doente. Ela não era quando criança. Ela era feliz e saudável mas acabou caindo nessa armadilha. Alguns dias sem comer, alguns objetivos impossíveis e Lia já não comia mais. Lia passa por coisas como a automutilação que hoje é considerada comum (e até “legal”) por milhões de adolescentes. Ela sente fome e desejo mas ela ensinou a mente dela a resistir a qualquer coisa que ela considera impura (comida, até as mais deliciosas do mundo). Lia não quer deixar de ser magra mas em muitas citações ela mostra o quão infeliz ela é e o quanto ela sente falta de comer. Pra não estragar a surpresa, você vai chorar. Não o tempo todo e não como em um romance açucarado, mas com a verdade. Você vai sentir seu coração ser esmagado junto com o de Lia e vai procurar o alívio junto com ela. Você vai sentir vontade de se tornar melhor amiga dela, só pra ajudá-la. Você vai querer proteger ela dos seus próprios fantasmas. E vai acabar crescendo junto com ela (e aprendendo a evitar as tantas decisões erradas que ela toma). A leitura é séria, um tanto chocante e faz você pensar. Mas é provavelmente uma das melhores que já tive. Abriu meus olhos pra muita coisa que consideramos banais, pra muitos erros que não consideramos preocupantes ou assustadores. Recomendo demais você comprar, pegar emprestado, colocar lá na sua estante do skoob. E depois me diz o que achou, certo? Até mais.

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha: Garotas de Vidro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s