Resenha: Beauty and the Beast (série)

A Bela sempre foi minha princesa favorita. Da mesma maneira, A Bela e a Fera sempre foi meu conto de princesas favorito. Durante os anos milhares de adaptações foram feitas. E a nova, uma série da CW, não fica para trás. Kristin Kreuk (Smallville) dá vida a Catherine Chandler, a Bela. Quando jovem, ela e a mãe são atacadas por homens armados. A mãe de Cat morre, mas ela é a salva por algo que ela jura não ser humano. Anos depois, a garota se torna uma agente renomado do FBI. Quando um caso mostra a digital de um militar morto, Catherine se sente desconfortável e começa a investigar, ainda mais quando a fórmula do DNA é a mesma encontrada na cena do crime da sua mãe. É ai que surge a Fera (que está mais para O Belo, mas relevem). A diferença é que o cara é tipo o Huck. Deixe ele nervoso e ele vira um monstro. Mas claro que como toda mocinha, Cat não liga para os riscos que pode estar correndo e se aproxima de Vincent Keller.

É difícil dizer se uma série é boa só pelo primeiro episódio. Mas eu gostei do enredo, da maneira nova da história ser contada e principalmente do Jay Ryan que vive a Fera, que na verdade é super bonzinho. Vale a pena colocar na lista de séries que devem ser assistidas, mesmo se for só por uma chance. Ainda mais agora que várias séries boas estão acabando. Ainda não tem data para a série passar na tv brasileira, mas vamos aguardar, certo? E se gostar, me diga o que achou. Beijos.

Anúncios

6 comentários sobre “Resenha: Beauty and the Beast (série)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s