No ipod: Birdy

Jasmine van den Bogaerde, mais conhecida pelo nome artístico Birdy, divulgou recentemente seu primeiro clipe “Skinny Love”, cover do grupo norte-americano Bon Iver. Lançada em março, a faixa ocupa posição de destaque no iTunes. A cantora, que assinou contrato com a gravadora Atlantic Records, trabalha na produção de seu álbum de estreia, que chegará às lojas neste ano. Segundo o site “The Sun”, o rapper britânico Tinie Tempah disse que tem interesse em colaborar com Birdy.ou melhor. Apesar de também compor (a bela e muito madura “Without a Word” é a única música do disco de autoria dela), é irresistível ouvir músicas como “1901” ou “Young Blood” embaladas nos arranjos certeiros de Rich Costey, na voz surpreendentemente potente da inglesinha e de seu piano que de algum modo vão lá no fundo e revelam a “essência” dessas músicas.

O sucesso comercial do lançamento (o disco estreou em 13º lugar nas paradas britânicas, fez bonito em países como Holanda e Bélgica, e o single “Skinny Love“, cover do Bon Iver, ficou no top 20 da parada de singles inglesa) nos faz perguntar “como ninguém tinha pensado nisso antes?”. É genial decidir dar para clássicos indie recentes uma roupagem que sua vó adoraria, por exemplo. Essas músicas às vezes tão massacradas pela opinião geral que ignora e subestima seu potencial por as considerarem fruto de uma onda “passageira”.

A artista inglesa de apenas 16 anos, é a mais nova promessa da música britânica. Birdy é precoce no mundo artístico, aos 4 anos já tocava piano e aos 7 começou a compor suas primeiras canções.

Os fãs de The Vampire Diaries já devem ter escutado a doce voz de Jasmine em alguns dos episódios da série nas músicas Shelter e Skinny Love.

A primeira música que escutei dela foi 1901, um cover da banda Phoenix. Posso dizer que amei a primeira vista. Já estou escutando o álbum todo.

No meio de tantas versões boas de bandas como The xx (“Shelter”), Phoenix (“1901″), The National (“Terrible Love”) e a citada do Bon Iver, vale a pena prestar a atenção em canções autorais, como “Without a Word”.

 

A evolução da moça já pode ser sentida na faixa que gravou com o Mumford and Sons para o filme Valente que você pode ouvir aqui.

Para saber mais sobre essa cantora:

Site Oficial: Birdy

Youtube: OfficialBirdy

O que acharam da Birdy? O que acharam dos vídeos dela?

Um beijão!

Anúncios

4 comentários sobre “No ipod: Birdy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s