Resenha: Onde Terminam os Arco-Íris

arco

Li “Onde Terminam os Arco-íris” em três madrugadas. O livro era razoavelmente grande, mas eu não conseguia parar. Cecelia Ahern (A autora do Best-Seller “P.S Eu te amo”), trás para nós a deliciosa história de dois melhores amigos. Rosie e Alex se conhecem desde os sete anos e são inseparáveis. Eles crescem juntos, passando pelos momentos rebeldes e os namoros juntos, mas nunca se envolvendo. Então, no mais inesperado momento, Alex acaba se mudando com a família para Boston, deixando uma Rosie desolada em Dublin. Quando a escola finalmente termina, Rosie recebe a notícia que foi aceitada na Universidade de Boston para cursar hotelaria, enquanto Alex entra em Harvard, cursando medicina. Tudo corre perfeitamente bem, até a noite de formatura, a qual Alex seria o par de Rosie. Ele perde o voo e Rosie acaba indo a festa com Brian, o Fedorento. Por mais que Alex tente encontrar a amiga, Rosie parece incomunicável. E então o baque… Rosie está grávida. Ela desiste da faculdade e opta por se tornar uma mãe em tempo integral, enquanto o melhor amigo segue sua vida.
O mais legal (porém triste também) é que o livro inteiro é narrado por cartas, e-mails, convites, bilhetes e bate-papo. Rosie conta todas as suas histórias para nós por meio de sua melhor amiga Ruby, sua irmã Stephanie, seus pais e o tão amado Alex. Os dois continuam muito amigos enquanto os anos passam e cada virada de década, um novo aperto surge. Não posso negar que senti falta daquela narração em que sabemos exatamente o que o personagem está sentindo no momento, o frio na barriga, o medo e os sustos. Nós descobrimos tudo do ponto de vista de uma carta, mas isso não tira a beleza do livro. Muito bem contado, eu senti ódio, pena e muito, muito amor por Rosie. Amei Alex também, com todo meu coração. Mas um fato interessante da história é como acompanhamos o crescimento da pequena Katie, filha de Rosie, e do seu melhor amigo Toby, que tem uma história bem parecida com Rosie e Alex. O livro é sincero e em algumas vezes machuca. Chorei em alguns momentos, mas Rosie não é uma pessoa dramática, no mínimo reclamona. Fiquei com um ódio imenso dos dois por não insistirem mais quando era necessário, mas acabei notando que a maioria das pessoas está propensa a esse erro. De abrir mão de coisas por medo de tentar. Por fim, você vai se prender na história da Princesa Botão-de-ouro e do Príncipe Raio de Luar e pensar, como eu pensei, se tomar decisões demais não vai apenas atrasar sua vida. A lição é clara: A vida não para pra ninguém e se você não se agarrar ao que realmente ama, acaba deixando-os deslizar pelos seus dedos. “Onde Terminam os Arco-Íris” é uma viagem desesperadora pelos anos que vai te fazer pensar em como agir diante das pessoas que quer manter por perto para sempre.
Ah, e o livro vai virar filme (esse foi o verdadeiro motivo pelo qual me interessei pela leitura), com Lily Collins e Sam Claflin. Mal posso esperar.
Onde terminam os arco-íris: Cecelia Ahern
ISBN:8573164581
 Editora: Relume Dumará
Ano: 2006
Edição: 1
Número de páginas: 384
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s