Finalmente 18

tumblr_m8rmu4byEt1r13oj1o1_500

Eu (quase) nunca sei distinguir o que sinto, mas dessa vez tô feliz. A felicidade bateu à porta e deixei ela entrar e sentar no sofá e tomar uma xícara de chá, o quanto mais ela demorar melhor. Poderia voltar ontem aos dezessete que tanto amei viver, mas quero viver o hoje esse dos dezoito que insiste em me fazer ter uma coragem absurda de mais um ano pela frente. Tem coisas que nem com um ano a mais nas nossas vidas mudam, eu sempre vou gostar de ler quando estiver sozinha em casa, eu sempre vou cheirar um livro novo e vou continuar achando que posso mudar o mundo. Talvez eu possa, mas tenha preguiça. Bom acho que isso também não vai mudar muito. Li uma citação do Leminski a pouco tempo atrás que começava assim:“ Aos 17 anos todo mundo é poeta…Também me achava, talvez ainda me ache, mas nada além da conta, só pra mim. Sempre fiz tantos planos, desde sempre tive muita coisa planejada, cumpri algumas metas, mas risquei algumas da lista e logo abaixei coloquei mais coisas a serem feitas. Muita coisa vai mudar, mas sei que ainda os livros de romance serão meus favoritos, sei que vou olhar o céu toda noite só pra ver a lua, sei que vouu continuar escrevendo e lendo de madrugada porque o silêncio é meu amigo. Sei que vou continuar vendo formas estranhas nas nuvens.  Mudei na forma de pensar sobre meu futuro que eu tanto cogitava já ter um endereço certo a tomar, agora sei que estrada é uma via de mão dupla e se eu quiser posso trilhar outro caminho. Agora deixo pra trás dezoito anos bem vividos e que vão ser alvos no futuro de boas conversadas e gargalhadas. Eu adorava brincar de boneca e odiava quem se atrevia em dizer que iria cortar o cabelo de alguma delas, eu amava inventar receitas mirabolantes com minha tia e amava assustar meus primos, na verdade eles é que me assustavam e fazem isso até hoje. Pra você ver nem tudo muda, ou na verdade só dá uma melhorada. Sempre fui bem medrosa, admito, mas acho que faz parte da vida e sempre fui tropeçando ali, caindo aqui, mas nunca desisti e sempre levantei. Então tô aqui com meus 1,60 m e creio que disso não saio, mas quem vai saber? Só o tempo dirá se eu vou crescer mais uns centímetros ou se eu vou mudar de curso na faculdade na metade do semestre. Não pretendo fazer isso, mas se eu quiser? Se eu mudar de novo o que isso tem demais? Talvez tenha tudo, talvez tenha nada, quer dizer eu acho. Eu e meus achismos. Isso sim vai ser pra sempre. Li meu horoscopo hoje e mesmo não acreditando nisso acabei pegando o costume de ler pra saber sobre meu signo com minhas amigas e ele dizia: Se jogue e divirta-se sem olhar pra trás. Bom farei isso a partir de hoje porque hoje não quero falar de responsabilidade ou cargas que me serão embutidas só porque agora carrego os dezoito nas costas, só quero que os dias felizes sejam mais longos assim como hoje será.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s