Cinema: Assista “Juntos e Misturados”

Jim (Adam Sandler) é um viúvo que tem um encontro às cegas desastroso comLauren (Drew Barrymore), que se separou há pouco tempo devido à traição do marido. Depois do ocorrido, a última coisa que desejam é se reencontrar. Entretanto, quando Jen (Wendi McLendon-Covey), a sócia de Lauren, desiste de uma viagem à África com o namorado e seus cinco filhos, surge a oportunidade para que Lauren desfrute do passeio ao lado de Brendan (Braxton Beckham) e Tyler (Kyle Red Silverstein), seus filhos. O que ela não esperava era que o namorado de Jen também negociasse o pacote com Jim, um de seus funcionários. Ou seja, Jim e suas três filhas encontram Lauren e seus dois filhos em um resort de luxo na África, tendo que dividir as mesmas dependências durante uma semana.

Na minha casa, é tradição de família irmos assistir todos os filmes familiares do Adam Sandler. Eis que com “Juntos e Misturados” não foi diferente. O filme – que foi lançado em pré-estréia aqui em São Paulo – lotou a sala, mesmo com filmes como “Transformers” e “Como treinar o seu dragão 2” em cartaz (também assisti meu banguela lindo na tela grande e amei, gente. Quem puder ir, vale muito a pena). Enfim, vamos voltar ao filme do Adam. Adam tem jeito pra comédia familiar. Tanto que quanto tentou fazer uma comédia um pouco mais suja “Esse é o meu garoto”, o filme foi um desastre de bilheteria. Então, nessa linha mais família, junto com ninguém menos que Drew Barrymore, não dava pra errar. Drew foi escolhida especialmente pelo carinho que o público tem pelos atores juntos (Afinados no amor e Como se fosse a primeira vez <3) e pelo fato que os dois se dão muito bem. É óbvio que dez anos depois, as coisas mudaram bastante, mas eles colocaram isso confortavelmente no filme, com ambos personagens já tendo filhos e não vivendo um romance adolescente. Por mais que eu ache que as crianças não vão entender boa parte das piadas, o filme tem um cenário incrível (Você vai querer ir para a África) e como todos os outros do Adam, uma lição de vida. Não é meu favorito (Meu favorito é “Esposa de Mentirinha”, posso assistir um milhão de vezes e nunca enjoar), mas foi um dos que mais gostei. Acho que Adam está envelhecendo muito bem diante das câmeras, aceitando o papel de pai e fazendo isso perfeitamente. Se quiser uma comédia pra família toda, é definitivamente uma opção. Preste atenção no pretendente gato da Bella Thorne e no Terry Crews aparecendo cantando em quase toda cena. É hilário! O filme estréia em todas os cinemas hoje. Corre lá. Beijos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s