O que eu queria

large (31)

Eu queria ter um potinho sem fundo pra guardar alguns momentos, sentimentos e coisas. Tanto amor perdido por aí, e você conseguiu me encontrar. Eu sempre quis um amor para sempre, ou pelo menos que durasse o tempo suficiente de me fazer feliz por completa e andei por muitos caminhos e bati a cara na porta. É tão piegas dizer que se você não procurar você não vai achar, porque é  a verdade. Mas, mais verdade ainda é quando você menos espera acontece. E  aí que a felicidade que você só imaginava de uma hora pra outra brota em seu peito e você tem vontade de que todos ao seu redor sinta esse fervor no peito. O último mês pra mim não foi fácil, vi gente morrendo, vivendo e quase acampei dentro do hospital aguardando a melhora da minha mãe, chorei por mim e pela minha mãe e pela dor dos outros ao meu redor que choravam por causas que não tinham mais volta. Tive recaídas de humor, de gripe e de amor, não só pelo meu namorado, mas senti amor as pessoas ao meu redor. Segui um mandamento da bíblia. Recorri ao baú das minhas melhores lembranças nos dias mais tristes e pedi aos céus que eu voltasse a enxergar novamente o azul com nuvens branquinhas e em forma de bichinhos engraçados, e voltei. Porque fui forte para aguentar as pancadas que a vida dá, e porque minha família me ajudou e porque aquele alguém que me dá bom dia logo cedinho todos os dias, ficou hoje e vai ficar pra sempre tanto no meu dia a dia do meu lado como nas minhas melhores lembranças tanto dos dias bons quanto dos dias ruins, porque até ele se tornam bons quando tenho ele do meu lado. Eu queria que fossemos eternos, mas não somos, então gosto de pensar que somos infinitos porque mesmo quando alguns se vão as memórias delas são guardadas em algum lugar. Gosto de pensar assim. Eu queria dizer que todo mundo vai ser feliz o tempo todo, mas não seremos felizes a todo tempo, vamos chorar muitas vezes, mas querer o silêncio ao invés de falar, vamos querer a casa vazia do que cheia uma boa parte do tempo, é que faz parte sermos uns tristes felizes ou felizes tristes, tanto faz. A vida é efêmera que não vale a pena rirmos de tudo o tempo todo ou sentarmos e chorarmos pra sempre. Independente do estado que se encontra hoje antes de mais nada, queira ser você. Porque ser o outro pode até parecer legal e bem tentador, mas não a nada mais autêntico do ser você mesmo.

Anúncios

4 comentários sobre “O que eu queria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s