No meio de tudo, você

no

Você pode partir um dia se quiser e levar tudo que for seu, mas algo nunca irá embora de verdade, esse amor. Tem uma hora que não dá mais pra negar, simplesmente não dá mais. Um dia disse pra mim mesma que ia ser forte e que não precisaria de ninguém. Tomei na cara, desse jeito não dá pra levar a vida. No fundo sempre quis alguém que dissesse que me entendia mesmo não entendendo nada, o caso é que eu queria alguém que se importasse com minha dor e minha felicidade, e achei. Certo dia achei que a grandeza da vida fosse me engolir de uma vez por todas, mas senti uma corda me puxar para fora daquele universo sombrio e solitário. Era você, que nem precisou dizer nada, mas com aquelas mãos quentes e reconfortantes me mostrou que quando eu estava com você estaria em casa. Tive a promessa de que mesmo que chovesse lá fora, aqui dentro sempre estaria quentinho. Sempre gostei de ter as rédeas da minha vida em minhas mãos, mas me foi tomado de uma maneira incrivelmente rápida e surreal e eu gostei. Gostei de não estar sempre no controle de tudo, gostei de que a vida me mostrasse o que eram as verdadeiras borboletas no estomago e gostei ainda mais de adormecer pensando em alguém e acordar com saudade porque sonhei com ele sorrindo. Talvez seja um problema eu gostar de escrever, ou melhor conseguir escrever mais quando estou triste, ou talvez não. Mas dessa vez é diferente, porque em mim só existe amor! E quando temos algo bom devemos compartilhar ele, assim eu penso. Se tem algo que aprendi é quanto mais amor você dá mais você recebe, talvez nem seja na mesma hora, no mesmo mês e nem no mesmo ano, mas quando chegar a sua vez se sentirá uma felicidade imensa. No meio de uma roda de amigos, eu te encontrei e certo dia quando percebi que não conseguia dormir a noite direito porque estava imaginando como seria nosso encontro no próximo sábado, ou talvez tenha sido o momento que me peguei imaginando nosso futuro juntos e como seria cômico e lindo envelhecermos juntos, talvez aí eu tenha percebido que tinha encontrado meu grande amor. Mas custo acreditar, porque acho que te amei logo depois que nos beijamos a primeira vez e senti uma pontinha de vergonha e me encolhi em seus braços e você tocou meu queixo e levantou meu rosto e sorriu pra mim. Ali, no meio de tanta gente eu senti que o amor nos escolhia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s