A questão dos quase 20

 ikp

Mais cedo li uma frase que dizia assim: “Talvez seja questão de tempo ou talvez o tempo já a questão.” Eis o questionamento. Botei uma velha música pra tocar e jurei que não iria fazer uma análise desse ano, ainda era cedo, ainda faltam 5 minutos para completar mais uma primeira, faltam 3 dias e isso me parece tão instável já que o tempo às vezes corre e as vezes parece deitar na rede e descansar pra vida. Daqui uns anos se me perguntarem qual o ano mais louco da minha vida com certeza vou berrar, 2015. Oh, ano terrivelmente estranho. Teve momentos que se eu tivesse um botãzinho apertaria até ele parar de funcionar, pra voltar no tempo e repetir sem parar, mas tem outros que se eu pudesse apagaria da minha memória. Acho que depois dos quinze tudo é mais rápido, tudo é mais intenso. Crescer é simplesmente a coisa mais difícil e dolorosa que tem, sim dói mais que um coração partido, porque ele um dia cicatriza e crescer é exatamente assustador, muita gente pode te dar a mão para subir os degraus da maturidade, mas sem equilíbrio próprio você desaba. Crescer é estranho, mas eu adorei, eu tô amando. Ok, que tem fases que quero minha mãe, ou meu quarto escuro e chorar ali até o mundo desabar, mas sabe a melhor parte? É quando você vai vendo que pode ser independente, que você consegue liderar sua vida muito bem, que você consegue passar uns dias sozinhas e não morre de fome, você pode chegar em casa em um horário que quando você tinha 15 seus já estariam loucos, bom eles continuam preocupados, mas entendem que faz parte e que você já tem idade suficiente de aproveitar até um pouquinho mais tarde já que na semana você madruga fazendo os trabalhos da faculdade. O tempo deve ser aproveitado, vivido, sonhado a todo custo porque ele é curto muitas vezes. Me olhei no espelho hoje e me vi cansada desses dois ultimos meses de tanta correria e sufuco da faculdade, mas vai deixar um saudadezinha lá no fundo já que estou concluindo mais etapa da vida adulta e agora o que tenho pra fazer? Uma festa pra organizar, um namorado pra encher de beijos, uma semana pra estudar mais um pouquinho e mais um bocado de sonhos pra listar e botar em prática. Bom, ainda falta muita coisa. Daqui para os 20 ainda me falta muita coisa.

Anúncios

3 comentários sobre “A questão dos quase 20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s