Um pouco mais

large (64)

Com o tempo percebi que pra mim sempre foi mais fácil escrever em uma época triste, ou quando eu tô cheia de tanto silêncio e em algum momento preciso colocar algo para fora. A escrita sempre foi uma boa amiga e o papel sempre se mostrou paciente mais do que qualquer pessoa, até um certo momento. Até aquele alguém que sempre pedi aos céus chegar e se mostrar o cara mais habilidoso da face da terra para lidar comigo. Porque sabe, eu sou cheia de degraus, subidas e descidas e ele sempre se mostrou solicito a percorrer todo esse caminho para descobrir cada pedacinho meu. Pensa bem e me diz que quando encontramos uma pessoa que faz tudo pela nossa felicidade, faz de tudo pra te ver sorrir e quando te abraça você sente que nos braços dela é o melhor lugar do mundo, me diz se essa pessoa é ou não especial? Tem gente que nasceu pra estar ao nosso lado não importa como, onde ou quando, na hora certa ela estará ao seu lado e de lá nunca mais sairá. Me perguntaram certa vez se namorar era fácil, e eu pensei e disse na hora que não. Mas sabe, não é fácil sempre, mas também não é difícil, porque amar também é ter paciência e saber lidar com todas  as adversidades que encontramos no caminho. Tem coisas que não valem a pena, mas sem tem algo que eu aposto todas as minhas fichas é no amor. Porque ele é maior que tudo e que todos. Amor demais nunca é suficiente, pra mim o pote pode transbordar que aí sim fico feliz. Quando a gente ama nos tornamos seres vulneráveis porque o coração é frágil, mas tudo bem que faz muito bem ser o bem daquele alguém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s