A última do ano

large-2

365 dias exatos que foram vividos repletos de amor, mais um ano se passou e sim eu queria fechar o ano com um tempo sobre amor. Sobre o que me move e me motiva a viver. Tem aquela velha música que diz: “Quando penso em alguém, só penso em você”, e sim é você que aparece nos meus sonhos a noite, é seu rosto que já imagino quando acordo e meus olhos nem estão abertos. É seu beijo e abraço que quero receber de primeira pela manhã porque não a nada melhor nesse mundo do que acordar e me sentir amada logo cedo, sem maquiagem, despenteada e com o rosto inchado. São os seus olhos que quero poder continuar vendo e mergulhando na imensidão do seu universo toda vez que me olha e sorri. É em seus braços que quero continuar achando abrigo sempre que precisa e quando não precisar também. É em seu colo que eu quero continuar a chamar de abrigo. É seu toque que eu quero ter pra sempre meu. Quero continuar segurando sua mão e saber que ali é o encaixo perfeito para a minha. Queria poder tocar violão, escrever um música, recitar um poema, te pintar em um quadro ou fazer qualquer tipo de arte a mais, eu só sei escrever e mostrar a você e ao mundo o quanto você é importante pra mim, e como você tem todo meu coração pra você não deixou espaço pra mais ninguém.

Esse ano enxerguei que seu nome se auto tatuou em meu peito e que você dominou meus sentimentos e me fez refém desse amor tão gostoso de viver. Já vivemos tanto, que se eu acreditasse em vidas passadas diria que já nos amamos antes, várias e várias vezes porque temos uma sintonia perfeita, um encaixe equilibrado entre a pressa e calma, entre o agora e o depois. Mas creio que é só isso de nascemos destinados um ao outro e por mais que eu pare para pensar que demorou 18 anos das nossas vidas até enxergarmos que era ali o momento certo de nos entregarmos ao que chamamos de amor. Chegou a hora e vivemos cada dia de forma única, e mesmo não estando juntos todos os dias eu te sinto comigo do acordar ao dormir, porque amar é isso também de estar longe mesmo sabendo que estamos juntos, mesmo que seja no coração um do outro.

O ano tá dando tchau, estou me despendido do ano e sei que estarei de mãos dadas com você entrando de pé direito no ano que nascerá pra vivermos mais dias e meses juntos conquistando mais um ano e o recheando e transbordando amor, porque sem amor nada vale a pena. Obrigado por viver comigo e embarcar nessa aventura da vida é amor. Eu te amo. Esse é o último texto de amor do ano pra dizer que em todos próximos terão muitos mais. Muito amor pra todos e feliz 2017!

Anúncios

2 comentários sobre “A última do ano

  1. Gustavo Woltmann disse:

    Oi! Gostei muito do seu blog! Será que pode entrar em contato comigo? Tenho uma proposta interessante para fazer com você que seria muito do seu interesse! Meu email está vinculado ao comentário okay? Se nao conseguir visualizar o email, pode me contactar pelo site do MelhorAmiga.com.br okay? Abraços!

    • Liz disse:

      Olá Gustavo, fico muito feliz quando alguém diz que gostou do meu cantinho. Queria saber qual proposta se refere, te enviei um email pelo site Melhor amiga. Estou no aguardo, abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s