#3 Diário da Gio: Férias.

PicsArt_1372818352897O “Diário da Gio” demorou por culpa do instagram, juro. Eu não conseguia salvar as fotos, me irritei e acabei esquecendo de fazer de novo. Enfim, deixo eu ver se lembro de tudo que prometi falar.

Ah sim, minha limpeza de pele (que vocês também podem ganhar uhu!). Foi ótima e pretendo fazer outras. Deixou minha pele menos oleosa e acabou com aqueles cravinhos chatos. Continuando, minhas férias.

Fui passar uma semana no interior e descansei bastante. Só voltei porque estava com saudade da minha família, da minha cachorra e da minha casa, mas a sensação de estar perto da natureza desde sempre me inspirou e me trouxe paz, então foi muito útil, apesar de eu amar o barulho e agitação da cidade grande.

Vejamos, eu estou de férias e apesar dos escorregões na dieta (um desconto porque: férias), tudo continua indo bem. E eu também estou adiantando minhas leituras e meus filmes e to amando passar minhas férias viajando sozinha. Não to com o mínimo de pressa das aulas voltarem ahahaha. Por enquanto é isso, beijos!!!!!

Anúncios

#2 Diário da Gio: Lei do desapego, dieta e mudanças.

PicMonkey CollageMeu pensamento sobre 2013 ser um ano diferente funcionou completamente. Depois de um terrível 1º ano, decidi que não ia deixar nada, nem ninguém, estragar meu penúltimo ano escolar. Tudo anda lindo, maravilhoso. Todo mês decidi escolher uma frase e colocar ela como base em tudo o que eu quero fazer. A primeira, é de Ghandi: “Seja a mudança que você quer ver no mundo”. Vamos começar então com a primeira mudança. A lei do desapego (amei essa!): É bem simples, não estou afim de passar meus dois (agora um e meio) últimos anos “curtindo” alguém que a) vai embora b) tem namorada c) vai embora, tem namorada e possivelmente nem lembra meu nome. A lei do desapego consiste em cortar qualquer ligação com a pessoa com quem você é apegada (?). Não olhar, não falar, não pensar. Ajuda muito pensar em outras coisas e exigir que suas amigas nunca mais façam piadas como: “Olha como seu namoradinho tá bonito hoje”. NÃO. Isso acabou. Modéstia parte, to indo muito bem nessa etapa. Vamos para o outro tópico, o mais importante. Dieta. Vou ser sincera sobre a razão de eu querer começar a ser saudável. Dependendo de como meus sonhos vão andar, eu quero muito ser mãe (daqui uns dez anos gente, podem abaixar os convites de chá de bebê) e eu sei como minha mãe sofreu por eu ser uma criança que não comia nada (nada é NADA) que fizesse bem. Por isso, comecei a dieta. Na verdade, eu nunca fiz dieta, então pra mim é tudo muito novo. Mas as coisas vão indo bem: Sou uma adepta a cenoura (gente, é muito bom. Como fiquei tanto tempo sem?), aumentei e muito minha porção de salada, e virei melhor amiga das frutas (que são gostosas também. Sim, fiquei chocada!). Só não gostei de tomate #sorry. Ajeitei meus horários para comer direito e lá vamos nós para a parte difícil  Cortei refrigerante, chocolate e (chorando) miojo. Embutidos também estão fora de questão. Vou ter que aprender a comer carne magra, custe o que custar. Apesar de ser bem saudável, não quero ficar confortável demais. Até porque sou pequena (1,68m pra mim, é pequena), então não posso me dar ao luxo de ser “grande” dos lados. Meu primeiro objetivo é voltar a usar número 40. Sem essa de “ter corpão”. Não é porque eu tenho pernas que vou permitir que isso seja uma desculpa para eu aumentar cada vez meu manequim. Ah, outra coisa: Estou malhando. Faço uns 30 minutos de fitness e, quando aguento porque sou humana, danço por mais uns 20 (danço tipo louca mesmo, sozinha, pulando, sendo livre. É muito bom). Também começo a fazer caminhada com minha melhor amiga essa semana e assim uma ajuda a outra. Enfim, meu peso ideal é 57k e pretendo, até meu aniversário, já estar neles. Estou tão feliz com minhas mudanças que acho que até a minha pele está melhor. Sem estresse, ninguém merece que eu não tenha unhas perfeitas (que também estão crescendo, uhu). Esse vai ser o primeiro de muitos anos extraordinários que eu ainda tenho para viver. To nessa vibe positiva, de que tudo que eu quero, eu posso conseguir. Tô amando!

#1 Diário da Gio – “Somos tão jovens”

PicMonkey CollagegdmMe inspirei em um dos posts mais populares de uma das minhas blogueiras favoritas (Amem a Am comigo aqui) para criar essa categoria. Nesse post ela conta um pouquinho sobre a vida dela, semana por semana. Já disse milhões de vezes aqui que amo essa relação blogueira/leitora e amo poder compartilhar todas as coisinhas que ando fazendo com vocês. Enfim, essa semana foi uma coisa louca. É semana de provas e estou tentando cumprir minha promessa de começo de ano: manter minha média alta o ano inteiro. Outra coisa super legal foi que no mês passado eu e algumas amigas nos tornamos oficialmente “soldadinhas” do nosso colégio (amei esse apelido!). O termo é meio inconclusivo, então explico: nós ouvimos as opiniões dos alunos e compartilhamos com os professores e diretores, buscando o melhor para os dois lados. Algumas mudanças já começaram a ser feitas e foi uma delícia. Ah, e um grêmio também está no projeto. Imagina se estou feliz né. Essa semana também teve sua parte chatinha, já que acabei não melhorando da tal gripe que vem me acompanhando o mês inteiro. Mas nada que não dê pra ignorar (e com isso quero dizer sair de short no frio e tomar sorvete. Sim!). Além disso eu e minha irmãmiga tivemos o privilégio de ter duas aulas de automaquiagem, com aquelas dicas que mudam tudo, sabe? Inclusive, aprendi um olhão preto que mostro pra vocês assim que meu cabelo crescer e eu tiver carão pra fazer um vídeo. Ah, não compartilhei a do cabelo né? Então, ele está curtíssimo. Tive que cortar já que descolorir as pontas dele foi uma péssima ideia. Ele está no ombro, mas coloquei um franjão pra deixar a mudança um pouco mais parecida comigo. Agora só volto a pintar ou fazer qualquer outro tipo de química quando ele ficar longo o suficiente. Vejamos, essa semana eu também fiquei cinco (CINCO LONGOS DIAS) sem as borboletas no estômago. Mas tudo bem, elas já voltaram (mais fortes do que nunca). Enfim, o sorriso de vocês foi tão grande quanto o meu vendo o vídeo que a Liz postou? Tem como não amar essa menina? Tenho muita sorte de ter, não só ela, mas todas essas pessoas maravilhosas a minha volta. Nem acredito que 2013 está sendo um ano tão bom. Obrigado por abraçarem nosso mundinho por meio do blog. Vocês são os melhores. Até semana que vem (se tudo der certo, sou péssima com prazos), com mais um diário de Gio. Beijos!